Devocional

CULTO DOMÉSTICO: DIARIAMENTE COM A FAMÍLIA

O LIVRO DE JEREMIAS

O Livro de Jeremias é essencialmente uma mensagem de julgamento sobre Judá por sua idolatria desenfreada (Jeremias 7:30-34, 16:10-13, 22:9; 32:29; 44:2-3). Após a morte do rei Josias, o último rei justo, a nação de Judá tinha quase completamente abandonado a Deus e Seus mandamentos. Jeremias compara Judá a uma prostituta (Jeremias 2:20; 3:1-3). Deus havia prometido que julgaria idolatria mais severamente (Levítico 26:31-33, Deuteronômio 28:49-68) e Jeremias estava alertando Judá de que o julgamento de Deus estava próximo. Deus tinha libertado Judá da destruição em inúmeras ocasiões, mas a Sua misericórdia estava no fim. Jeremias registra o rei Nabucodono-sor conquistando e dominando Judá (Jeremias 24:1). Depois de mais rebelião, Deus trouxe Nabucodonosor e os exércitos da Babilônia de volta para destruir e desolar Judá e Jerusalém (Jeremias capítulo 52). Mesmo no julgamento mais severo, Deus promete a restauração de Judá de volta à terra que Deus tinha lhe dado (Jeremias 29:10).

  • Domingo 19/03: Jeremias 41
  • Segunda 20/03: Jeremias 42
  • Terça 21/03: Jeremias 43
  • Quarta 22/03: Jeremias 44 e 45
  • Quinta 23/03: Jeremias 46 e 47
  • Sexta 24/03: Jeremias 48 e 49
  • Sábado 25/03: Jeremias 50, 51 e 52